ISO 31000: A Nova Era da Gestão de Riscos!

13 de junho de 2011

Comunicação e Consulta sobre Riscos às partes interessadas internas e externas

Série "A ISO 31000 APLICADA"
GESTÃO DE RISCOS – Comunicação e Consulta sobre Riscos
(e Engajamento de Stakeholders)

Este novo Manual da Coleção Risk Tecnologia complementa a norma de Gestão de Riscos ISO 31000:2009 e o Manual de Implementação da ISO 31000. Utiliza pesquisa acadêmica e experiência prática a fim de detalhar a parte de “Comunicação e Consulta” do processo de Gestão de Riscos. Foi escrito para auxiliar as organizações e pessoas a gerenciarem riscos.

Comunicação e Consulta são processos contínuos e iterativos que uma organização conduz a fim de fornecer, compartilhar e obter informações e promover o diálogo com as partes interessadas (stakeholders) no que diz respeito à Gestão de Riscos.

As informações podem estar relacionadas à existência, natureza, forma, probabilidade, significância, avaliação, aceitabilidade e tratamento dos riscos.

Consulta é um processo de comunicação de duas vias entre uma organização e suas partes interessadas sobre uma determinada questão, antes de tomar uma decisão ou definir um direcionamento sobre tal questão. A Consulta é um processo que impacta na decisão através da influência e não do poder, e é uma entrada para a tomada de decisão, mas não uma tomada de decisão conjunta.

O Manual explica por que a Comunicação e a Consulta são essenciais para a boa Gestão de Riscos e apresenta orientações sobre como fazer isso de maneira eficaz. Os conceitos são consistentes com cada um dos 11 princípios da gestão eficaz de riscos descritos na Seção 3 da ISO 31000:2009, incluindo o primeiro princípio que diz que a Gestão de Riscos cria e protege valor.

O Manual também mostra como levar em consideração uma gama de fatos, incertezas, percepções, complexidades, crenças e valores ao tomar decisões sobre riscos. Tem a finalidade de auxiliar indivíduos, organizações e especialistas a compreenderem o papel e as técnicas de Comunicação e Consulta (e de Engajamento de stakeholders) ao gerenciar riscos, especialmente ao utilizar o processo genérico de Gestão de Riscos apresentado na ISO 31000:2009.

A maior parte do conteúdo do Manual pode também ser utilizada para atender às diretrizes sobre Comunicação, Consulta e Engajamento das partes interessadas, recomendadas pela norma internacional ISO 26000:2010 de Responsabilidade Social


Visualize o Manual no Google Livros.