ISO 31000: A Nova Era da Gestão de Riscos!

20 de março de 2013

Matriz de Riscos: saiba como construí-la e suas limitações

A matriz de probabilidade/consequência é um meio de combinar classificações qualitativas ou semiquantitativas de consequências e probabilidades, a fim de produzir um nível de risco ou classificação de risco.

O formato da matriz e as definições a ela aplicadas dependem do contexto em que é utilizada. É comumente adotada como uma ferramenta de seleção quando muitos riscos foram identificados, por exemplo, para definir quais riscos necessitam de análise adicional ou mais detalhada, quais riscos necessitam primeiro de tratamento, ou quais riscos necessitam ser referidos a um nível mais alto de gestão. Também pode ser utilizada para selecionar quais riscos não precisam de maior consideração neste momento.

Veja a seguir (*) o que a ISO/IEC 31010 diz mais sobre a "matriz de riscos".

(*) AVISO: desde o dia 01/9/2016, este conteúdo está disponível somente para os inscritos no Curso a Distância de Atualização Profissional em Gestão de Riscos, Controles Internos, Compliance, QSMS e Normas ISO.
_______________________________________________

Para saber como selecionar e aplicar as demais técnicas de avaliação de riscos, acesse: http://www.qsp.org.br/curso_risk.shtml