Em junho/2016, criamos o 'Blog do De Cicco' sobre a norma
ISO 31000 e suas aplicações.
Clique aqui para acessá-lo.

20 de março de 2013

Matriz de Riscos: saiba como construí-la e suas limitações

A matriz de riscos (ou matriz de probabilidade/consequência ou mapa de calor) é um meio de combinar classificações qualitativas ou semiquantitativas de consequências e probabilidades, a fim de produzir um nível de risco ou classificação de risco.

O formato da matriz e as definições a ela aplicadas dependem do contexto em que é utilizada. 

É comumente adotada como uma ferramenta de seleção quando muitos riscos foram identificados. Por exemplo: para definir quais riscos necessitam de análise adicional ou mais detalhada, quais riscos necessitam primeiro de tratamento, ou quais riscos necessitam ser referidos a um nível mais alto de gestão. Também pode ser utilizada para selecionar quais riscos não precisam de maior consideração naquele momento.

Veja a seguir (*) o que diz a norma internacional ISO/IEC 31010 sobre a "matriz de riscos", especialmente seus pontos fortes e suas várias limitações...

(*) AVISO: desde o dia 01/9/2016, este conteúdo está disponível somente para os inscritos no Curso a Distância de Atualização Profissional em Gestão de Riscos, Controles Internos, Compliance, QSMS e Normas ISO.
_______________________________________________

Para saber como selecionar e aplicar as demais técnicas de avaliação de riscos, acesse: http://www.qsp.org.br/curso_risk.shtml