ISO 31000: A Nova Era da Gestão de Riscos!

1 de julho de 2014

Até que ponto as avaliações de riscos fornecem informações aos tomadores de decisão?

Jornais, noticiários de TV e sites de notícias trazem cada vez mais histórias sobre algum desastre - um evento que poderia ter sido evitado através de uma melhor tomada de decisão...

Será que as pessoas se perguntam se as decisões foram baseadas em avaliações de riscos? Se sim, quão eficazes foram essas avaliações para fornecer informações aos tomadores de decisão sobre os riscos? Quais técnicas foram utilizadas nas avaliações de riscos? Os resultados foram apresentados de maneira que fazia sentido para os tomadores de decisão?

Pense também nisto: Os avaliadores de riscos de sua organização adotam um processo adequado para obter resultados consistentes, ou eles apenas têm sorte?

Durante a crise financeira mundial, foram levantadas questões sobre o fracasso da gestão de riscos. Será que houve falhas na forma como os riscos foram avaliados? Houve mesmo avaliações de riscos? Ou as decisões em si foram falhas?

Para aqueles que atuam na área de gestão da qualidade, a nova ISO 9001:2015 incluirá o "risk based thinking" e diversos requisitos em que os riscos deverão ser avaliados e tratados - levantando mais questões sobre terminologia, conceitos e técnicas...

PS: uma boa referência que recomendamos para ajudar a responder essas questões é a norma brasileira e internacional NBR ISO/IEC 31010 !